A tradicional festa de São Sebastião de Xapuri completa 120 anos

A tradicional festa de São Sebastião de Xapuri completa 120 anos. O evento religioso é considerado um dos maiores nesta parte da região norte pela maneira como movimenta a conhecida terra de Chico Mendes. Em todos os seus anos de existência, a única vez que o evento não pôde ser realizado foi em 2020, devido a pandemia da COVID-19.

História 

Segundo fontes históricas, as origens da festa remontam às vésperas da Revolução Acreana, quando um grupo de católicos percorreu as ruas do pequeno vilarejo de Mariscal Sucre, no dia 20 de janeiro de 1902, rogando paz e proteção diante da iminência do movimento armado, que eclodiu no dia 6 de agosto daquele mesmo ano, e se tornou o maior referencial religioso-cultural da cidade. 

Geralmente, neste período de início de ano, religiosos, seringueiros, comerciantes, ribeirinhos, funcionários públicos, políticos e filhos da terra que há tempos vivem em outros lugares do país, marcam um encontro com suas raízes e se reúnem. Desde o início de sua criação até os dias atuais, este evento representa um grande momento do ano para o povo xapuriense.

Quem foi São Sebastião?

São Sebastião defendeu a igreja como soldado, capitão e também como apóstolo dos confessores, daqueles que estavam presos. Também foi apóstolo dos mártires, os que confessavam a Jesus em todas as situações, renunciando à própria vida.  O santo protetor contra as guerras e pestes também é patrono de outras cidades, como Epitaciolândia e Jordão.

Curiosidade 

Você sabe o que um “marreteiro”? São ambulantes de todas as partes do estado e do país que dirigem-se até Xapuri pela Fé, mas principalmente pela oportunidade de vendas, já que anualmente milhares de pessoas costumam visitar a cidade nesta época. Essa característica comercial torna a comemoração um bem cultural importante para a história da cidade e de todo o Acre.

ATENÇÃO!

O governador do Acre, Gladson Cameli, declarou situação de emergência por conta da superlotação das unidades estaduais de saúde, causada pelo surto de síndrome gripal e síndrome respiratória aguda grave. Por este motivo, ao participar do evento, use máscara e mantenha a distância de um metro e meio, e não esqueça de levar o álcool em gel.

Gostou? Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp