Governo reinaugura Concha Acústica no Dia do Trabalhador

No Dia do Trabalhador, 1º de maio, o governo do Estado do Acre, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), reinaugura a Concha Acústica Jorge Nazaré, às 18h, com a presença de artistas locais, gestores e sociedade civil, além da presença da Banda da Polícia Militar (PMAC). A banda Ara Ketu também irá se apresentar.

Espaço será entregue neste domingo, 1º. Foto: Marcos Vicentti/Secom

O espaço cultural, que foi inaugurado no ano de 2002, é referência no que diz respeito a performances, shows, intervenções culturais e atividades diversas. Está localizado em Rio Branco, no Parque da Maternidade e é um dos pontos turísticos mais famosos da capital. Este palco de eventos culturais e esportivos é um importante local de encontro da população.

Devido ao aumento de casos relacionados à pandemia da covid-19, de gripe e com a nova variante do coronavírus, o espaço seguiu sem funcionamento. Porém, o governo do Estado do Acre buscou a retomada das atividades culturais.

Foram investidos R$ 300 mil para a revitalização do espaço artístico-cultural. Foto: Marcos Vicentti/Secom

A obra foi contratada pela Fundação Elias Mansour (FEM) e executada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra). Foram investidos R$ 300 mil para a revitalização do espaço artístico-cultural, que recebeu uma nova lona, com mais resistência, nova pintura e rampas, para maior acessibilidade, garantindo um alcance mais efetivo de artistas e do público.

De acordo com o presidente da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), Manoel Pedro (Correinha), a Concha Acústica é um local de extrema importância para a sociedade, pois fortalece a cultura no estado.

“É com muito orgulho que entregamos a concha para a população, principalmente aos artistas, para  utilizarem deste espaço. A concha sempre foi um lugar com o qual tivemos um olhar muito cuidadoso. Devido à pandemia e por esse ser um local de muito movimento e eventos, não poderíamos arriscar a saúde da população, mas agora conseguimos entregar com êxito”, frisou.

Presidente da FEM, Manoel Pedro (Correinha), em visita às obras da Concha Acústica. Foto: cedida

A concha é considerada um palco universal. Em seu entorno transitam pedestres e ciclistas  em busca dos eventos culturais que acontecem por lá. O  local já recebeu músicos como Lenine, João Donato e a banda Los Porongas, atrações de carnaval e festivais como o Chico Pop, que faz referência ao jornalista acreano homônimo.

Jorge Nazaré Guimarães Gama (1960–1999),  natural de Rio Branco, tornou-se conhecido por sua contribuição ao movimento cultural audiovisual. Poeta, indigenista, ator e produtor de eventos, se destacou, também, como ativista cultural na década de 80.

Representação simbólica da Concha Acústica em logo marca.

Gostou? Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp