Professor se inspira na natureza para levar mensagens de “paz” através da música

 Encantos dos rios, sereias, botos, mistérios das florestas e do Céu. Flavio da Conceição utilizou destes elementos da natureza para compor o espetáculo “Menino beija-flor”. O projeto foi aprovado no edital de culturas tradicionais do Acre pois, suas composições musicais são inspiradas nas tradições Ayahuasqueiras e Daimistas que para o artista, são elementos importantes para a cultura acreana.

Flávio sempre quis tornar o assunto mais acessível e a lei Aldir Blanc possibilitou a expansão de suas ideias.

Acervo pessoal: Flávio Conceição, espiritualidade.
Acervo pessoal: Flávio Conceição, espiritualidade.

“Quando veio a oportunidade do edital da FEM pela Lei Aldir Blanc eu vi a possibilidade de concretizar esse desejo de fazer esse CD com essas músicas, Mas como eu sou também da área do teatro, resolvi fazer um espetáculo, contando histórias sobre mitos indígenas, sobre a relação do ser humano com a natureza. ” Explica.

Além de cantor, Flávio é professor do curso de teatro da UFAC (Universidade Federal do Estado do Acre). Há mais de 20 anos trabalha com a metodologia do “Teatro do Oprimido”, dando cursos e fazendo apresentações no Brasil e no exterior. Atualmente, coordena o GESTO da Floresta – Grupo de Estudos em Teatro do Oprimido da Floresta, que é um Programa de Extensão da UFAC.

Em 2017 lançou seu primeiro EP “Sonhos de um Mundo Maravilhoso” e a partir daí descobriu que sua inspiração musical é oferecer momentos de paz, amor e reflexão. A partir de um olhar atencioso o artista sentiu a necessidade de reformular a maneira como a música e o teatro vem buscando retratar a sensibilidade, história e o pensamento juvenil. Seu desejo era fazer um novo CD com músicas mais devocionais e espirituais, porém por outro lado, queria que as músicas atingissem público infantil e estimulasse os adultos a descobrir suas “crianças interiores”.

 “Precisamos cuidar dessa casa e cuidar também do ser humano, pois somos todos irmãos. Eu quis usar o teatro, a contação de histórias e a música para passar essa mensagem de amor ao próximo, de cuidado com essa casa comum que é o planeta Terra, buscando uma conexão interior do ser humano. ” Diz.

Aos poucos o artista foi percebendo que esse era o seu nicho musical, fazer músicas de rezo que passem uma mensagem de esperança que seja uma inspiração para que através disso as pessoas possam contemplar a natureza. Em entrevista, ele ressaltou que isso advém de suas experiências espirituais, “ Eu sou Fardado na doutrina da Barquinha da Madrinha Chica Gabriel e lá a gente aprende que o ser humano faz parte de uma casa maior que é o planeta Terra. ”

Acervo pessoal: Flávio Conceição, espiritualidade.

O projeto conta com vários produtos, o Primeiro é o lançamento de um Podcast com as histórias da peça, depois apresentações ao vivo (online) com as histórias e as músicas. Devido a pandemia da COVID-19 a data de lançamento do CD teve que ser reformulada e a previsão para o lançamento está previsto para agosto deste ano. O conteúdo ficará disponível nas seguintes: Plataformas digitais Youtube, Spotify, Deezer, Apple música, e outras. Os podcasts já estão disponíveis no Spotify e Youtube (O vídeo do espetáculo só no Youtube).

Para saber mais e acompanhar o projeto viste o canal no Youtube ” Flávio da Conceição Oficial“.

Gostou? Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp