REPRESENTANTES DA FEM REÚNEM-SE COM COMISSÃO REGULAMENTADORA DA LEI ALDIR BLANC

Ocorreu ontem, 27, uma reunião entre representantes da  Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM) e uma comissão criada por decreto para discutir sobre a fiscalização, funcionamento e aplicação dos recursos da lei federal 14.017/2020, a Lei Aldir Blanc. O encontro aconteceu no prédio-sede da FEM.

O presidente da Fundação, Manoel Pedro, revelou que a necessidade de criar uma comissão regulamentadora surgiu por iniciativa da FEM, que solicitou ao Estado para que os órgãos públicos que compõem essa comissão possam acompanhar de perto a aplicação e destinação dos recursos federais. 

“É necessária essa transparência e segurança sobre um recurso tão grande. Reunimos essa comissão para mostrar um pouco sobre o que é a Lei e as ações que a FEM já tem feito sobre os editais, além de orientar e informar sobre os próximos passos”, frisou.

A comissão é formada por representantes da Assembleia Legislativa do Acre, da Secretaria da Fazenda, da Secretaria de Planejamento, da Controladoria Geral do Estado, da sociedade civil, da FEM, do Ministério Público Federal e da Controladoria Geral da União.

Aldir Blanc

A Lei Aldir Blanc é uma lei emergencial federal que destina recursos aos trabalhadores da cultura e espaços culturais por todo o Brasil. Regulamentada em agosto de 2020, ela distribui um montante aos estados e municípios do país para auxiliar os artistas durante o período da pandemia.

Todo o capital recebido será redirecionado aos fazedores de cultura e aos espaços formais e informais. Qualquer verba não utilizada deve ser retornada ao governo federal. 

Os editais e inscrições de propostas para utilização do recurso da Lei Aldir Blanc devem ser publicados no início de novembro no site da FEM.

Gostou? Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp