Voe com a gente: Exposição sobre aviação aborda história do Acre

Senhoras e senhores apertem os cintos pois a exposição “1936: A trajetória – um voo pela história da aviação no Acre” pousa na Praça do Seringueiro nesta terça-feira, 15, aniversário de 59 anos do de emancipação do Estado. A abertura ocorre no Memorial dos Autonomistas a partir das 16h e fica em exibição até o dia 27. O Governo do Estado do Acre conta com curadoria da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM) para voar por essa história.

A exposição é fotográfica tem como objetivo resgatar fragmentos históricos através de fotografias de um período ao qual para o desenvolvimento eram necessárias “asas”. A mostra conta com uma réplica da aeronave Douglas C-47B Skytrain, de propriedade da Força Aérea Brasileira (FAB), feita pelo artista plástico Darci Sales. O aeroplano estará localizado na Praça dos Seringueiros, entre o Memorial e o Palácio Rio Branco.

O presidente da FEM, Manoel Pedro (Correinha), conta que a curadoria da exposição foi um trabalho desafiador, porém extremamente gratificante.

“Esse é um grande momento para a história e para a cultura do Acre. Nós trouxemos uma curadoria com um olhar extremamente sensível, com fotografias que remetem ao nosso passado, com o trabalho do Darci. A gente espera que a população possa voar ao passado junto com a gente”, ressalta.

Réplica de aeronave Douglas C-47B Skytrain. Foto: Acervo Assessoria FEM

Houve um tempo em que para chegar em terras acreanas só era possível pelos rios ou pelos ares. Guiomard Santos traz o avião como transporte oficial. Em 1940 o primeiro aeroporto é construído. O primeiro campo de aviação do Estado foi uma decisão de progresso tomada pelo atual governador da época, Martiniano Prado, que sentiu a necessidade de progresso na aviação do Estado.

O governador convocou a população para construir a primeira pista do Estado, em 1936. O hidroavião Junker – W-34 chegou em solo acreano com o primeiro avião monomotor, batizado de Taquary por pousar no estirão do Bagé, área onde hoje está situado o bairro Taquari. Isso só foi possível pelos esforços do interventor Manoel Martiniano Prado, que negociou com empresas que possuíam hidroaviões para pousar no rio. Neste período o Acre não fazia parte do Estado brasileiro: era apenas um território.

 A história não para por aqui! Outros nomes entram como o governador Guiomard Santos que defendia a o transporte aéreo como solução para romper o isolamento interno e externo do Acre, e o capitão João Donato inaugurou o primeiro voo local no trecho Rio Branco-Xapuri.

Modelo de Caça F-39 também será exposta durante o período da mostra. Foto: Acervo Assessoria FEM.

Uma das curadoras da exposição, Sueila de Almeida, fala sobre a importância de mostrar como foi o processo de trazer a primeira aviação para o Acre e como isso mudou a situação socioeconômica e política do estado.  Ela abordou um dos pontos mais importantes: a questão geográfica, já que, historicamente, o Acre foi considerado por muito tempo uma região isolada.  

Sobre a importância cultural ela ressaltou como isso mudou as perspectivas da sociedade acreana e continua mudando até hoje.

 “Isso é uma alegria enorme porque nunca as pessoas tinham visto uma aviação nesta região.” , diz.

Atualmente, o estado do Acre possui também o Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER), que atende pessoas em situação de isolamento, fiscalização ambiental, suporte a vida. No início contava apenas com uma aeronave e hoje conta com quatro.

 A exposição segue de maneira cronológica, desde o governo de Martiniano até o ano de 2021 quando já temos aeroportos. Ficou curioso? Então aperte os cintos e vamos decolar juntos na trajetória da aviação do estado do Acre, que ficará disponível do dia 15 ao 27.

Observação:  Durante a visita é obrigatório o uso de mascaras, distanciamento de 1,5 metro. Na entrada será disponibilizado um totem com álcool em gel para os visitantes. Sua saúde é o mais importante!

Clique aqui e confira o cronograma

Gostou? Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp