Xapuri recebe projeto da Divisão de Patrimônio Histórico e Cultural da FEM

Os gestores da Prefeitura Municipal de Xapuri receberam, no início desta semana, a equipe da Divisão de Patrimônio Histórico e Cultural da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM) que ministrou a oficina de reconhecimento, fortalecimento e valorização do patrimônio histórico e cultural do Acre.

O município sediou o encerramento do ciclo de oficinas no Alto Acre, que teve início do mês de julho, em Assis Brasil.

Elane Cristine, coordenadora do projeto, falou a respeito do encerramento da oficina no Alto Acre. Foto: Assessoria/FEM

No último dia de oficina, os gestores e a equipe do DPHC realizaram visitas técnicas a alguns bens culturais e históricos do município, que foram identificados pela própria equipe de gestores da prefeitura.

O evento contou com a presença da vice-prefeita do município, Maria Auxiliadora, que também é professora de História, e pôde contribuir significativamente para a construção do roteiro de visita técnica aos bens.

Entre os bens visitados, estava a Igreja de São Sebastião, a casa do seringueiro e líder sindical Chico Mendes, o museu Casa Branca e o Museu de Xapuri.

Foto: Assessoria/FEM

A vice-prefeita destacou a importância do projeto para o município e para a cultura local.

“É primordial esse projeto, especialmente para Xapuri, pois somos uma cidade histórica com vários bens históricos, desde a revolução acreana até a luta de Chico Mendes em defesa da floresta, e o projeto da FEM vem ao encontro dessa nossa necessidade”, destacou Maria.

Elane Cristine, coordenadora do projeto, falou a respeito do encerramento da oficina no Alto Acre.

“A realização do projeto em Xapuri coincidiu com a finalização do evento na regional do Alto Acre e foi de suma importância, com a visita in loco aos bens culturais e a possibilidade da realização de um termo de cooperação técnica entre a FEM e o município para auxiliar na implementação da educação patrimonial na rua do comércio, e também na revitalização do Museu do Xapuri. Foram quase 30 gestores municipais participando ativamente durante 2 dias, além da presença e participação da vice-prefeita, o que demonstrou uma sensibilidade da atual gestão na área do patrimonial cultural”, destacou ela.

Segundo o secretário municipal de cultura de Xapuri, Jorge Alves, os dois dias de oficina foram muito bem aproveitados pelos participantes.

“Tivemos dois dias muito proveitosos com a oficina em nosso município. Pudemos identificar vários pontos de relevância histórica e cultural em Xapuri, e queremos fortalecer esses bens, trabalhando na sua valorização por parte de nossos munícipes”, finalizou Jorge. 

Gostou? Compartilhe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp